sexta-feira, 15 de abril de 2016

De Saint Jean Pied de Port a Santiago
... e aos "Camiños da Fín da Terra"    

PRÓLOGO
Faz hoje um ano que iniciei na Praia de Santa Cruz, com os dois grandes Amigos e Irmãos José Manuel Messias e António Araújo, um Caminho em que idealizara levar a Santiago de Compostela e ao mar de Fisterra as pedras do mar de Santa Cruz ... e, com elas, a memória da minha Mãe. O destino transformou-o contudo num Caminho Santa Cruz - Fátima - Ourém ... mas duas das três pedras simbólicas viajaram até ao "fim do mundo", em Maio ... num Caminho cuja meta havia sido definida antes mesmo do meu primeiro passo. O meu Caminho não acabara em Ourém...
Depois, em Setembro, um dia, acordado ... eu tive um sonho! Nesse sonho ... vi imagens do Caminho do meu Mano Araújo ... vi imagens do filme "The Way" ... à mistura com imagens do Caminho interrompido em Ourém ... do "Caminho" do Toubkal ... da gralha de bico amarelo que "falou" comigo no cume, a quase 4200m de altitude ... vi imagens da Praça Jemaa el Fna … na qual aliás termina o filme "The Way".
Desse sonho, dessas imagens ... nasceu um projecto: fazer o Caminho Francês em 2016, de Saint Jean Pied de Port a Santiago, a Muxía, a Fisterra ... e fazê-lo com Amigos ... com Irmãos. O Caminho "da Aventura", em 2014, foi a vivência mais transcendente da minha vida. As imagens, sons, emoções, continuam bem presentes no mais íntimo de mim. Sei que nada se repete, que nada é igual ... mas sei que quero partir. Quando, em Setembro, partilhei o meu sonho ... recebi do Mano Araújo três palavras simples: "arrepiado a ler..."; respondi-lhe: "eu sei..."
Não farei este Camiño por nenhuma promessa ou obrigação. Quero muito fazê-lo, creio estar ao alcance de o fazer, mas continuo a não saber o que sou ou sequer quem sou. Fiz uma única promessa, e essa à Compañeira do meu grande Camiño da Vida: se concretizar este Caminho … não me separarei dela nem mais uma noite, em 2016. Só a preparei quando teve de ser; não valia a pena dar-lhe a dor da separação muito antes. Mas, quando teve de ser ... contei com a aceitação e a compreensão com que sabia que iria contar. É assim o Amor ... o Amor que não coarta paixões, sonhos, ambições.
Estou consciente da dimensão do projecto e da dor que vai ser, também para mim, a separação tão prolongada do ninho familiar. Mas também sei que, se quero meter-me neste Camiño … não poderia esperar muito. Tenho de o fazer enquanto as pernas ainda andarem, enquanto a saúde e a idade o permitirem … enquanto a Europa e a nossa Ibéria ainda forem como nós as conhecemos…
Partida do Mano Araújo para o
Caminho Francês, 17.04.2014
Em Abril de 2014 - faz depois de amanhã dois anos - despedi-me do Mano Araújo na Estação de Santa Apolónia. Ver partir um amigo para o Caminho de Santiago ... é um turbilhão de sentimentos. É uma despedida, é ao mesmo tempo uma vontade de o acompanhar, um voto de louvor, um desejo de que tudo corra bem. É um dar-lhe os parabéns pela coragem, particularmente quando se trata de ter quase mil quilómetros pela frente! Se nos Caminhos de Santiago há verdadeiros peregrinos, naquele dia partiu um verdadeiro peregrino ... um verdadeiro Santiagueiro! A imagem do seu rosto, naquela noite, não mais me saiu da memória. Menos de três meses depois ... estava comigo no Caminho "da Aventura".
Mas o Caminho Francês, diz o meu Mano Araújo, é o Caminho de todos os Caminhos ... o Caminho de uma Vida. Não o vai portanto repetir. A Cristina, o Vítor, a Anabela ... cada um tem os seus anseios, as suas paixões, os seus momentos ... os seus Caminhos. Mas o Mano Messias, que esteve com o Araújo e comigo no Caminho Santa Cruz - Fátima, que esteve no "Caminho" do Toubkal e em tantas outras "aventuras" (o destino impediu-o de participar no Caminho "da Aventura") ... vai partir comigo, no próximo dia 26, para Saint Jean Pied de Port, para iniciarmos o nosso grande Camiño, o Caminho das Estrelas ... até onde as estrelas nos levarem.
Estação de Santa Apolónia, 19.01.2016
Estudos e preparativos...
Connosco, vai partir também o Amigo António Banha, a quem as estrelas já me ligaram por várias "aventuras" e, essencialmente, pelo sonho do Caminho de uma Vida, o Caminho Francês. Depois ... os caminhos do destino trouxeram-me, em Novembro de 2014, na Serra Amarela, aquela que viria a ser a minha "irmã" mais nova; como já tenho referido noutras "fragas", os Caminhos do Tejo uniram-nos definitivamente em Setembro de 2015 ... poucos dias depois do meu sonho ... que ela aceitou prontamente viver. Curiosamente - ou talvez não - quando nos conhecemos em Germil, na Serra Amarela, tínhamos frente ao Abrigo de Montanha a célebre frase de Chris McCandless ... "Happiness is only real when shared "; eu acrescentaria, neste caso ... shared with an angel...
E assim, se as estrelas nos guiarem, no próximo dia 7 a Mana Paula encontrar-se-á connosco em Burgos ... para seguirmos rumo ao Campus Stellae e aos "Camiños da Fín da Terra"! Pode ser que a minha gralha de bico amarelo, a que me visitou no cume do Toubkal ... nos acompanhe no nosso Camiño...

Cume da Serra da Marvana, 19.03.2016
3 caminheiros ... com um Caminho no horizonte


Três bilhetes de comboio para
Saint Jean Pied de Port e um para Burgos ...
ou o nosso Passaporte para viver um Sonho
xxxxxxxxxxxxxxxxxx
E o Sonho está assim a pouco mais de uma semana de começar! Seremos capazes? Não sei ... ninguém sabe. Só lá saberemos, dia a dia, passo a passo. No próximo dia 26, à noite, na partida ... a felicidade vai-se certamente misturar com a tristeza, a alegria vai-se confundir com a dor de deixar o ninho, de deixar as pessoas amadas, as que só no coração partem connosco. Esse é um dos Mistérios do Caminho...! Tal como há dois anos lhe preparámos à partida, o Mano Araújo convocou para dia 26, em Santa Apolónia ... um Abraço Santiagueiro!... Obrigado, Mano Maior!
Até dia 26, contudo ... ainda tenho uma "aventura" com a minha velha "família" Gaspar Correia (e com a minha compañeira...); depois, durante mais de um mês ... o "Por fragas e pragas..." tentará acompanhar o nosso Camiño. Quando possível ... se possível ... sem obrigações ... passo a passo.
O Caminho faz-se Caminhando...
Zé Manel, António, Paulita ... ¡buen Camino! X

(A partir do dia 27, o Camiño estará no "fragas" - http://goo.gl/Q0bP2s - quando possível ... se possível)

A "etapa rainha" do Caminho Francês (Saint Jean Pied de Port - Roncesvalles) ... na visão do Mano Araújo
(Abril de 2014)

4 comentários:

Paula Francisco disse...

Sem palavras. Está lindíssimo. Beijinhos

Justina Maria Vilaça disse...

Iniciei o "caminho" há menos de 15 de dias para o interromper 5 dias depois, e estou desejosa de o retomar quanto antes. Fiz a etapa Saint-Jean-Pied de -Port _ Roncesvalles no dia 29 de março, o trilho pela montanha (por Orisson)estava interdito (ameaça de uma multa de perto de 60000€). Esta etapa pela montanha fica para uma outra oportunidade...
Interrompi o dia 3 de abril em Logroño para regressar ao trabalho. Vou fazer mais 4 dias (desta vez, não sozinha mas com a minha filha)entre Logroño e Belorado (de 26 a 29 de maio) e depois só no parlamento próxima Primavera... como lamento não poder acompanhar até ao fim os "amigos" encontrados nestas 5 etapas que fiz! Encontrei pessoas com as mais diversas experiências ... de todos os pontos do globo, e isto em apenas 5 dias. Experiência inolvidável.
O meu lema também é "O Caminho faz-se caminhando". BUON CAMINO!
A
Buon caminho, José Carlos Calixto

isabel disse...

Bom camiño!!!

António Carvalho disse...

As tuas palavras me embriegaram, me senti transportado nesse caminho que não conheço, Bom caminho amigos