sábado, 17 de janeiro de 2015

Com os Mariolas ... à volta dos Cucos

A Serra dos Cucos, a leste de Torres Vedras, é constituída por um maciço calcário, com vegetação do tipo mediterrânica. Os seus recursos hídricos foram oficialmente aproveitados desde 1746, com a construção das Termas dos Cucos.
Ao longo do Sizandro, próximo da Estação da CP
de Torres Vedras, 17.Janeiro.2015
Estiveram ao serviço da medicina para tratamento de algumas doenças, encontrando-se actualmente encerradas. Foi esta zona que os Mariolas escolheram para a sua 192ª Caminhada ... em que participei juntamente com mais de 20 outros amigos, amantes do pedestrianismo.
Para além das termas, o percurso passou também pela zona que, em 1996, chegou a ser classificada como um trilho de pegadas de dinossauro. Contudo, estudos mais recentes referem que são fósseis de animais marinhos, originados pela bioturbação, provavelmente de crustácios decápodes (ordem de que fazem parte os atuais caranguejos e lagostas).

Termas dos Cucos ... abandonadas
Rumo ao suposto trilho de dinossauros
Supostas "pegadas", por
bioturpação de crustáceos decápodes
Na encosta da Serra dos Cucos
Num dia a ameaçar chuva, que contudo apenas caiu por alguns minutos, o percurso foi todo ele daquela beleza escondida, que os olhos de quem não se mete nestes trilhos nunca viram ... nem imaginam existir, particularmente tão próximo de grandes centros urbanos.

Azenha da Boiaca, no Rio Sizandro
Paisagens e belezas escondidas...

Moinho junto ao geodésico da Maravilha (197m alt.)
Na encosta esquerda do vale do Sizandro, uma parte particularmente interessante desta "aventura" foi no chamado Vale Escuro, onde o percurso da caminhada segue uma linha de água rodeada de muita vegetação e onde se encontram outros fósseis, como as belas amonites que ali encontrámos.


Passagem sob a A8, próximo de Louriceira
Na beleza e magia do "Vale Escuro"
Fósseis de amonites
do Vale Escuro
E continuamos ao longo
do Vale Escuro
Ao fundo, o Moinho do Gaio
Passámos também pelo moinho do Gaio, que pela sua localização e altitude, serviu, em tempos idos, de guia e aviso de que vinha vento de feição para outros moinhos.

Moinho do Gaio
e Moinho da Serra das Marvãs
Descida de regresso aos Cucos e ao vale do Sizandro
Com 18 quilómetros percorridos, às três da tarde estávamos de regresso à estação de comboio de Torres Vedras, onde havíamos deixado os carros. A chuva em força ... veio mais tarde! Os Mariolas desenharam sem dúvida uma bela jornada e um belo percurso ... à volta dos Cucos.

Rio Sizandro ... e chegada a Torres Vedras
À volta dos Cucos

1 comentário:

Raul Branco disse...

Boa reportagem e muito didática.
Pareceu-me uma caminhada muito radical,só para indivíduos, tipo Callixto.

Um abraço.