domingo, 31 de julho de 2016

Do Folk Celta … às memórias do Camiño (1)

A pretexto do Festival Folk Celta de Ponte da Barca, o meu "mano" Vítor propôs um complemento pedestre a "alguns lugares encantados das Serras da Peneda e do Soajo"; caminhadas curtas, acessíveis à minha "estrela arraiana"... J
Susana Seivane, no Folk Celta da Barca
Aceitando o "desafio" ... do Minho à Galiza e aos Montes de León era um salto ... e a oportunidade de reviver, por um lado, alguns dos locais mágicos do meu Caminho das Estrelas e, por outro lado ... de os dar a conhecer à minha "estrela"!
E assim nasceu o projecto ... do Folk Celta de Ponte da Barca às Memórias do Camiño ! Sete dias em que aliei três paixões: a música tradicional, as caminhadas ... e o reviver da magia de locais como o mítico Cebreiro e a Cruz de Ferro. E o périplo terminaria ... na "minha" Vale de Espinho... J.
Assim, sexta feira rumámos a norte, ao encontro dos outros seis companheiros que participavam no "Soajo ... Folk ... Peneda ... Celta", como o Vítor chamou ao evento. A "base", até domingo, era a muito simpática Pousadinha dos Arcos de Valdevez, onde nos reunimos antes da primeira noite do Festival. Para mim, o cartaz desta edição do Folk Celta tinha um nome que valia só por si a deslocação: Susana Seivane ... a magistral gaiteira galega, filha e neta de gaiteiros e artesãos de gaita galega, que começou a sua carreira ... aos três anos! Na noite de sexta feira, a actuação da Susana Seivane correspondeu à expectativa ... e de que maneira!

30 de Julho de 2016, 9:00h, na Pousadinha de Arcos de Valdevez
Por Caminhos do Vez e da Serra do Soajo
Os complementos ao Folk Celta escolhidos pelo Vítor foram parte da chamada Ecovia do Vez, no sábado, e dos Caminhos do Pão e da Fé, no domingo. Iniciámos a subida do rio Vez em Loureda. O percurso vai acompanhando o rio na sua margem direita, até Sistelo, o pequeno Tibete português.

No Poço das Caldeiras, Rio Vez, 30.06.2016
Sistelo à vista!
Quantos carros de bois aqui passaram, para deixarem tamanhas marcas na rocha!
E chegamos a Sistelo
Caminhos do Vez (Loureda - Sistelo)
As noites do Folk Celta acabavam tarde, como sempre nestes eventos ... e sábado mais tarde ainda do que na sexta. Por isso, as caminhadas não começavam naturalmente cedo. E, domingo ... tínhamos um almoço à espera no Soajo, pelo que o percurso se limitou a 5 quilómetros, de qualquer modo de um belo trilho serrano sobre a aldeia e nas encostas do rio Adrão.

Soajo, 31 de Julho, 10:45h - No PR Caminhos do Pão e da Fé
Depois do almoço ... vieram as despedidas. Nos dias seguintes, a minha estrela ... ia reviver locais emblemáticos e místicos do meu Caminho das Estrelas...
Soajo - Caminhos do Pão e da Fé
(Escrito n'O Cebreiro e Molinaseca, em 31 de Julho e 2 de Agosto)

1 comentário:

Vitor Lima Vieira disse...

O dia ainda continuou na descoberta das belas piscinas naturais do Rio Adrão e um excelente mergulho (não podia faltar) no fantástico Poço das Canejas.
É pena que tenhas "pavor" da água .... fria! ;)