domingo, 21 de fevereiro de 2016

Regresso aos Olhos de Água do Alviela

Os Olhos de Água do Alviela, próximo de Alcanena, ficaram para sempre ligados às primeiras "aventuras" do "rapaz pacato" que um dia começou a escrever as suas memórias... J.
Olhos de Água do Alviela, 21.Fevereiro.2016, 8:50h
Nos tempos áureos da Espeleologia, ali acampei diversas vezes, bem como depois, já nos tempos de faculdade, para estudo dos nossos "primos" quirópteros. Com os Caminheiros Gaspar Correia, voltei lá em Julho do ano passado, para uma "Noite dos Morcegos" ... e voltei lá agora para um percurso pedestre dinamizado pelos "Caminheiros do Litoral" ... e em que participava a minha "mana" Paula; a Serra Amarela uniu-nos; os Caminhos do Tejo fizeram de nós Irmãos ... e o mais que o futuro nos reserva... J
Estavam inscritos mais de uma centena de caminheiros e caminheiras de todas as idades. O percurso era simples, ao longo dos campos a leste das nascentes do Alviela. E que verdes campos fomos atravessando!

Pela margem direita do Alviela, e a Quinta do Alviela, solar do séc. XVIII, propriedade dos Morgados de Alviela
E continuámos pela margem direita ... até à paragem de reforço alimentar,
junto à ponte em que cruzámos o "nosso" Alviela
A ponte do Alviela marcou o ponto de viragem para o regresso, agora pelos terrenos da margem esquerda e passando pela aldeia da Raposeira.


Os campos eram propícios ...
a algumas brincadeiras... J
Verdes são os campos...
Na parte final do percurso, quase de regresso ao ponto de partida, as grutas dos "olhos de água", que deram o nome ao local, não podiam deixar de fazer parte do programa. E ... recuei no tempo: voltei a entrar nos "olhos de água" ... 41 anos depois...!

Descida para as
grutas do Alviela
x
41 anos depois de ali ter andado em estudos de Quirópteros ... 46 anos depois dos primeiros acampamentos ...
voltei a entrar nos "olhos de água" do Alviela...

Com a Mana Paula ... a quem agradeço este belo domingo
nos Olhos de Água do Alviela
O jovem Alviela brota das suas nascentes...
Com 12,5 km percorridos, regressámos ao ponto inicial ... ainda a tempo de um bom almoço na original "Tertúlia do Gaivoto", na aldeia da Louriceira. Sem dúvida um belo domingo. Obrigado Paulita! J

Ver o álbum completo

1 comentário: